terça-feira, 26 de junho de 2012

Aprovado nos EUA primeiro medicamento à base de plantas transgênicas, indicado para tratar doença de Gaucher

Foi aprovado na última semana pelo FDA (agência que regula fármacos e alimentos nos Estados Unidos) o primeiro medicamento fabricado por plantas geneticamente modificadas. Denominado Elelyso, o medicamento é indicado para aliviar os sintomas da doença de Gaucher, um distúrbio genético que causa problemas que vão desde infecções nos ossos até anemia, entre outros problemas.

Na doença de Gaucher, os pacientes têm uma deficiência na produção da enzima glucocerebrosidase, o que provoca o acúmulo de gordura em órgãos como o baço, fígado e rins e outras partes do corpo.

Cientistas da empresa de biotecnologia israelense Protalix Biotherapeutics desenvolveram um método para fabricar a enzima em células de cenoura transgênica. O produto resultante, chamado taliglucerase alfa, é então injetado nos doentes, prevenindo a formação ou reduzindo os depósitos de gordura.

O Elelyso servirá como alternativa mais barata para outros tratamentos de reposição de enzimas da doença de Gaucher do tipo 1, a forma mais comum e menos grave do mal. Isso porque as drogas concorrentes, Genzyme nos EUA e Shire na Irlanda, são produzidas a partir de células de mamíferos, cujas culturas são mais caras de manter e mais sujeitas a contaminação por vírus e outros patógenos que não atacam as culturas de células de vegetais.

Por: Renata Gonçalez