quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Hepatite C: Novos Medicamentos terão o dobro da eficácia


A partir de 2013, as pessoas com hepatite C vão ter dois novos medicamentos mais eficazes para o tratamento da doença disponíveis no SUS. A rede pública de saúde vai começar a distribuir os antivirais boceprevir e telaprevir para doentes com hepatite C em estágio mais avançado, que é quando há um comprometimento maior do fígado com a fibrose hepática.
O Ministério da Saúde estima que mais de cinco mil pessoas vão ser beneficiadas com a distribuição dos medicamentos. O assessor técnico do departamento de DST, Aids, e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Marcelo Freitas, destaca que os novos medicamentos vão ajudar a salvar mais vidas.”Nós vamos conseguir ter mais sucesso no tratamento dessas pessoas. Elas vão conseguir se beneficiar porque nós conseguimos com esses medicamentos um sucesso no tratamento que é o dobro do sucesso que nós temos atualmente. Ou seja, a possibilidade de cura vai ser muito maior com esses novos medicamentos do que com o tratamento que era oferecido até então.”

Embora os medicamentos tenham um poder de cura maior que os já ofertados, o SUS terá que oferecer uma atenção redobrada para os pacientes que tomarem a medicação. Segundo Marcelo Freitas, os medicamentos causam efeitos colaterais com muita frequência.

“As pessoas que estiverem utilizando esses medicamentos vão ter que serem seguidas pelo serviço de saúde bem de perto. Elas vão ter que ser observadas, o tratamento vai ter que ser acompanhado pela equipe de saúde bem de perto porque o fundamental, apesar desses efeitos colaterais, é que eles sejam identificados logo no início e que já se faça o tratamento correto desses efeitos colaterais para que o tratamento tenha sucesso.”, destaca Marcelo Freitas.

Os dois novos medicamentos para o tratamento da hepatite C em pacientes em estágio mais avançado já começam a ser distribuídos no começo do ano que vem em todos os estados do País.

Fonte: Amanda Mendes / Web Rádio Saúde