terça-feira, 28 de maio de 2013

Nozes reduzem risco de doença cardiovascular

O consumo de nozes ou do seu óleo reduz o risco cardiovascular através da diminuição da pressão arterial e de outros mecanismos distintos, dá conta um estudo publicado no “Journal of Nutrition”.

Estudos anteriores já tinham constatado que o consumo de nozes era capaz de diminuir os níveis de colesterol. Contudo até à data ainda não tinham sido identificado os componentes responsáveis por este efeito benéfico. ”Com este estudo descobrimos que para além de diminuir o colesterol, as nozes reduzem o risco cardiovascular através de outras vias”, revelou, em comunicado de imprensa, uma das autoras do estudo, Penny Kris-Etherton.

Neste estudo os investigadores da Penn State University, nos EUA, forneceram a 15 participantes, com colesterol elevado, um dos quatro tratamentos: 85 gramas de nozes, 6 gramas do revestimento interno da noz, 34 gramas de miolo de noz sem gordura e 51 gramas de óleo de noz. As respostas bioquímicas e fisiológicas dos participantes foram avaliadas na altura, antes da administração dos tratamentos, 30 minutos, uma, duas, quatro e seis horas após tratamento.

O estudo apurou que o consumo dos componentes presentes no óleo das nozes melhorou a saúde vascular. Adicionalmente, o consumo das nozes ajudou o colesterol HDL ou “bom” colesterol a transportar e a remover eficazmente o excesso de colesterol do organismo.

Os investigadores verificaram que o óleo das nozes é capaz de manter a função dos vasos sanguíneos após uma refeição. Esta capacidade é bastante importante na medida em que a integridade dos vasos sanguíneos está frequentemente comprometida nos indivíduos com doença cardiovascular. Foi observado que o óleo era particularmente eficaz na preservação da função das células endoteliais, as quais desempenham um papel importante na saúde cardiovascular.

De acordo com os autores do estudo a presença do ácido alfa-linolénico, gama-tocoferol e fitoesteróis poderá explicar o efeito benéfico do óleo de noz.

"O nosso estudo sugere que alterações simples na dieta, tais como a inclusões de nozes e / ou do seu óleo numa dieta saudável para o coração, pode reduzir o risco de doenças cardíacas", conclui a investigadora.

Fonte: ALERT Life Sciences Computing, S.A.