quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Dormir é o melhor remédio

Que uma boa noite de sono é essencial para a saúde, isso todo mundo já sabe. Mas você sabe o que fazer para dormir bem e acordar com toda disposição? O Blog da Saúde falou com um especialista em medicina do sono e trouxe algumas dicas. 

O sono tem funções da fisiologia do nosso corpo e se uma pessoa para de dormir de forma adequada, começa a ter, depois de alguns anos, repercussões clínicas. É o que afirma o especialista em medicina do sono do Hospital Federal da Lagoa, no Rio de Janeiro, Lucas Lemes. “Hoje em dia a gente sabe que as pessoas que dormem mal, por exemplo, engordam, tendem a ser hipertensas. Tem se associado cada vez mais essas doenças antigas, frequentes e conhecidas aos distúrbios do sono”, afirma.

Segundo Lemes, “um ambiente favorável, com pouca luminosidade, evitar o estresse, não ficar tendo uma atividade de conversa ou de trabalho próxima ao momento do sono são importantes para dormir melhor”, afirma o especialista em medicina do sono do Hospital Federal da Lagoa, no Rio de Janeiro, Lucas Lemes. Segundo ele, aquelas receitas da vovó, como tomar um banho morno ou um leite quente, também funcionam muito bem. “Hoje em dia, já se tem provas cientificas de que essas coisas têm função de melhorar a qualidade do sono”.

As alimentações perto da hora de dormir devem ser sempre leves. Sendo assim, opte por comidas como uma fruta ou um iogurte. Os exercícios físicos são importantes para ter um sono equilibrado, mas devem ser evitados até duas horas antes de deitar. Além disso, manter certa regularidade nos horários de dormir e acordar também ajuda o sono e de quebra auxilia no combate à insônia. E nada de usar o notebook ou fazer refeições na cama.

Além disso, o travesseiro e a posição de dormir também são importantes. Dormir de barriga para cima não é recomendável, pois gera uma dificuldade respiratória que pode levar a um sono mais superficial. Também não é ideal a posição de bruços, pois isso afeta a coluna ao longo dos anos. “O recomendado é as pessoas dormirem de lado”, explica Lucas Lemes. Quanto aos travesseiros, o mais adequado é de altura média, para manter a coluna alinhada.

Insônia 

Se você demora muito para pegar no sono, muitas vezes passa a noite em claro, ou tem o sono leve que não traz a sensação de descanso, é provável que você tenha insônia. Hábitos como assistir à televisão na cama, não fazer exercícios físicos, tomar muito café e comer muito chocolate durante o dia podem contribuir para o seu aparecimento. A insônia pode também ser causada por problemas emocionais e doenças como hipertensão, diabetes, obesidade e problemas na tireóide.

Caso a pessoa não consiga pegar no sono mesmo com bons hábitos, a recomendação é procurar orientação médica para investigar o problema. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece tratamento gratuito para pessoas que têm problemas para dormir.

Fonte: Blog da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário