domingo, 12 de janeiro de 2014

Aprenda a fazer sal de ervas e reduza o consumo de sódio

Um grande vilão para nosso corpo, presente em 100% das promessas de ano novo, afinal todo mundo promete emagrecer, ter mais qualidade de vida e cuidar da saúde, ou seja, reduzir a ingestão de sal diária. Mas, ele não é só um inimigo, ele atua na condução de estímulos nervosos, na contração dos músculos e também controla a quantidade de água que fica dentro e fora das células, isso se consumido em pequena quantidade. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o consumo máximo recomendado é de 2g de sódio por pessoa ao dia, o que equivale a 5g de sal. Mas a situação aqui no Brasil é preocupante, pois o consumo ultrapassa o dobro desta recomendação.

Para tentar amenizar o problema, o Ministério da Saúde firmou parceria com Associação Brasileira de Indústrias de Alimentação com metas para redução de sódio em alimentos processados. Para temperos, caldos, cereais matinais e margarinas vegetais devem ser retiradas até 8,7 mil toneladas de sódio até 2020. Já para macarrão instantâneo, bisnagas, pão de forma, pão francês, mistura para bolo, salgadinhos de milho, batata frita/palha, biscoito e maionese a previsão é de 20 mil toneladas para o mesmo período.

Hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e renais são algumas das principais consequências do consumo exagerado. Mas como saber a quantidade de sódio daquilo que você está comprando no supermercado?

Segue algumas dicas:

- Preste atenção às informações nutricionais no verso das embalagens. Se a quantidade de sódio for superior a 400mg em 100g do alimento, evite.
- Evite também usar temperos prontos e caldos concentrados.
- Utilize ervas desidratadas, temperos naturais, pimenta e sucos de frutas para temperar os alimentos.
- Evite o uso de gordura animal como o bacon e toucinho.
- Retire o saleiro da mesa.
- Não coloque sal na comida depois de pronta.
E uma última dica: o organismo demora até 3 meses para se acostumar com uma dieta com menos sal. Pela boa saúde, vale fazer uma forcinha.

Diminua 75% da ingestão de sal dos alimentos usando o SAL DE ERVAS, segue algumas receitas:

SAL DE ERVAS 1
100g de sal de cozinha (cloreto de sódio)
100g de salsinha desidratada moída
100g de manjericão desidratado moído
100g de orégano desidratado e moído.
Misture todos os ingredientes e assim, você terá 400g de sal de ervas.

SAL DE ERVAS 2
1 pacote de alecrim
1 pacote de manjericão
1 pacote de mangerona
1 pacote de orégano
1 pacote de cheiro verde
200 g de sal comum
Bata todos os ingredientes no liquidificador e conserve em vidro fechado.

SAL DE ERVAS 3
1 xícara de sal grosso
1 colher (sopa) de alecrim
2 colheres (sopa) de tomilho
2 colheres (sopa) de manjericão
2 colheres (sopa) de orégano
1 colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até que todos os ingredientes fiquem misturados e mais finos. Conserve em um recipiente com tampa.

Fonte: caespsaude.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário