quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Primeiro sal sem sódio do Brasil chega ao varejo

Lançado no segundo semestre do ano passado, o primeiro sal sem sódio do Brasil, o Bio Salgante, já está chegando ao varejo. A Matrix Health Foods, fabricante do produto, fechou acordo comercial para distribuição do salgante nas redes Casa Santa Luzia, em São Paulo, NutriMaster, de Salvador, Hippo, de Florianópolis, Verdemar, de Belo Horizonte, e Big Lar, de Cuiabá.

Depois de cinco anos de projeto, e algumas tentativas de trazer salgantes importados para o Brasil, a empresa desenvolveu um salgante genuinamente brasileiro. A pesquisa foi comandada pelo experiente químico e farmacêutico, professor da USP com especialização nos EUA e colaborador de muitas empresas farmacêuticas nacionais e multinacionais, Massayoshi Yoshida.

O produto foi testado pela Unifesp em ratos normotensos (sem hipertensão arterial) e hipertensos, seguindo rigorosamente as normas técnicas desse tipo de estudo no setor. O resultado é que após sete e dez dias ingerindo a dose equivalente à recomendada para ingestão humana de sal comum, tanto os normotensos como os hipertensos não apresentaram aumento da pressão arterial. 

Com o Bio Salgante, que é à base de cloreto de potássio, ambos os grupos apresentaram a manutenção da pressão arterial. A tese vai ao encontro do conceito atual da implantação de alimentos que propiciem uma redução da ingestão de sal e terapia não medicamentosa no combate à hipertensão arterial.

O Bio Salgante, que está registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), promete ser uma opção mais saudável tanto para hipertensos quanto para normotensos, certamente mudando o nosso jeito de consumir alimentos salgados. "Com um paladar agradável e extremamente próximo ao do sal, muitas vezes seu uso nem foi percebido em testes cegos. Sua única restrição em relação ao sal comum é que o salgante não deve ser submetido a temperaturas superiores a 180 graus ºC, devendo passar por um processo de cozimento mais brando", afirma Nilson Capozzi, diretor sócio-diretor da empresa.

Até então, o produto vinha sendo vendido apenas pela internet. Mas, agora, a empresa já iniciou as negociações com redes varejistas e, muitas, de várias partes do País, manifestaram interesse na comercialização do produto. "Quando ficaram sabendo do lançamento do Bio Salgante pela imprensa, muitos consumidores começaram a pedir o produto nas gôndolas do varejo. Iniciamos as negociações e, o produto já se encontra em algumas das mais importantes redes do Brasil", informa o diretor.

Além do varejo, a empresa vem realizando outras negociações, com a indústria, para implementar o uso do salgante em alimentos industrializados, e até com hospitais, para a adoção de sachês aos pacientes que devem salgar a própria comida. "Sabemos que o produto tem um potencial e uma versatilidade enorme. Estamos investindo nas relações comerciais para ampliar seu uso e fazer com que seus benefícios atinjam cada vez mais hipertensos", finaliza Capozzi.

Por Dikajob
Foto: www.popmundi.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário