segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Cientistas desenvolvem técnica para fazer um corpo ficar transparente

Uma técnica criada por pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Califórnia parece ter saído diretamente dos filmes de ficção científica: eles conseguiram deixar a pele de animais totalmente transparente, permitindo a visualização de órgãos e tecidos.

Os cientistas realizaram os testes em roedores e, após anos de pesquisas e testes, desenvolveram um processo que deixa os tecidos transparentes sem danificá-los. Até então, todas as pesquisas envolvendo esse tipo de método tinham danificado as moléculas que compõe a estrutura do tecido, impedindo a continuidade dos testes.

De acordo com as informações divulgadas pela BBC, eles criaram uma malha feita com um tipo de plástico que dá suporte ao tecido - mesmo que as moléculas sejam danificadas, ele se mantém funcionando. A partir disso os pesquisadores injetaram uma espécie de detergente molecular que dissolveu os lipídios, moléculas responsáveis pela opacidade do tecido. Dessa maneira, os órgãos se tornaram transparentes sem perder a estrutura.

Com os órgãos e tecidos transparentes os cientistas puderam utilizar rastreadores em células e moléculas sanguíneas e acompanhar a “navegação” delas pelo corpo dos animais. Foi possível deixar órgãos inteiros translúcidos, como os pulmões, coração e rins.

A principal importância dessa descoberta é que médicos e cientistas poderão analisar mais de perto a disseminação de doenças pelo corpo como o câncer, por exemplo, e o mapeamento de fibras nervosas e conexões cerebrais.

Por enquanto, a pesquisa só foi feita com ratos sacrificados e ainda não foram realizadas verificações em organismos vivos, mas novos testes serão feitos nos próximos anos.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário