segunda-feira, 9 de maio de 2016

Anvisa aprova novo tratamento para Artrite Psoríasica

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) acaba de ampliar a indicação do ustequinumabe medicamento biológico da Janssen já aprovado no país, desde 2009, para o tratamento da psoríase -, tornando-se também uma nova opção no tratamento da artrite psoriásica.

O ustequinumabe é o primeiro e único medicamento biológico disponível no Brasil que inibe a atividade das interleucinas 12 e 23 (IL-12 e IL-23), quebrando o ciclo inflamatório da doença e aumentando a chance de manter melhorias significativas em sua evolução.

A artrite psoriásica é uma doença autoimune crônica associada à psoríase cutânea caracterizada pela inflamação das articulações e pela formação de lesões e placas com escamas na pele. Estima-se que, no Brasil, cerca de 2% da população seja afetada pela psoríase e, deste total, aproximadamente 30% possam apresentar dor e inflamação das articulações culminando, em alguns casos, em incapacidade e grande impacto na qualidade de vida. A doença está associada também ao aumento do risco de doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, hiperlipidemia, hipertensão e mortalidade.

E, entre os pacientes com psoríase, as prevalências de ansiedade e depressão são de 30% e 60%, respectivamente.

O tratamento da artrite psoriásica varia de acordo com a forma e gravidade com que a doença se manifesta. Em geral, a primeira linha de tratamento é o uso de anti-inflamatórios e medicamentos não biológicos, além de cremes para a pele, que ajudam a melhorar os sintomas. Nos casos mais graves, ou quando o paciente não responde a essas medicações tradicionais, podem ser usados medicamentos biológicos que são capazes de reduzir os danos causados pela doença.

Com informações do Jornal do Brasil Online 

Nenhum comentário:

Postar um comentário