Parceria Farmacêutica Curiosa e UninCor Pouso Alegre - MG

domingo, 30 de outubro de 2016

Por que a Medicina Psicossomática está florescendo na Alemanha?

Por que a medicina psicossomática está florescendo na Alemanha, enquanto profissionais de saúde de outros países sequer ouviram falar nela?

Uma equipe de várias instituições, liderada pelo Dr. Stefan Zipfel, fez uma análise comparativa inédita, que poderá servir de modelo para que outros países possam escapar do "fisiologismo" e das terapias puramente medicamentosas, muito usadas mesmo em condições para as quais elas não trazem resultados satisfatórios.

Segundo a análise, a medicina psicossomática na Alemanha não é sinônimo de psiquiatria e nem da psicoterapia mais comum no ocidente, representando um campo abrangente, bem como uma disciplina médica especializada.

Como consequência, a medicina psicossomática alemã tem uma base institucional maior do que em qualquer outro país, estando presente em algumas universidades como departamentos especializados.

Esta independência institucional deve-se em grande parte à não-integração da psicoterapia com a psiquiatria. Assim, a medicina psicossomática se desenvolveu de forma independente como uma base institucional e acadêmica para a psicoterapia na medicina e, posteriormente, para os modelos de cuidados integrados.

Psicoterapia na Medicina

A principal competência clínica da medicina psicossomática está na atenção integral para os seguintes transtornos: somatoforma/distúrbios funcionais, distúrbios alimentares, distúrbios psicossomáticos (incluindo psico-oncologia, psicardiologia, neuropsicossomática e psicodiabetologia) e psicotraumatologia. Há uma sobreposição com a psiquiatria nas áreas de distúrbios depressivos, de ansiedade e de personalidade.

Além disso, o sistema de seguro de saúde (público e privado) cobre os custos do tratamento com um orçamento separado daquele da psiquiatria. As despesas com cuidados de psicossomática são baseadas na duração do tratamento, e não no diagnóstico.

Clinicamente, essa psicossomática - essencialmente uma psicoterapia orientada para condições e transtornos - é um método central integrado com outros modos de terapia, onde o foco mais importante está nas interações dos pacientes com seu ambiente.

Com isto, o modelo alemão de medicina psicossomática sustenta fortemente a aplicação da psicoterapia na medicina.

O artigo comparativo foi publicado no Journal of Psychotherapy and Psychosomatics.

Com informações de Emanuela Offidani - Diário da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário