Parceria Farmacêutica Curiosa e UninCor Pouso Alegre - MG

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Mel pode ajudar a tratar a tosse de crianças maiores de um ano de idade

Dar mel para uma criança que está com tosse é uma prática bem antiga. Pesquisadores verificaram, em três estudos, se o mel realmente tem algum efeito no combate à tosse das crianças — ou se isso seria só uma crendice popular. 

Eles verificaram que, realmente, o mel é melhor do que não fazer nada e é melhor do que dar placebo (um medicamento falso, inativo) para tratar os sintomas das crianças com tosse. O Centro Cochrane do Brasil traduziu o resumo da revisão sistemática desses estudos. 

Claro que o mel não cura a causa da tosse (por exemplo, infecções por vírus ou bactérias), mas pode ajudar a família a dormir um pouco melhor. Porém, o mel não foi mais eficaz contra a tosse do que o xarope de dextrometorfano. 

Mas esse tipo de xarope, apesar de ser melhor do que o mel, também  pode trazer vários efeitos adversos (indesejáveis) e seu uso sem prescrição médica é perigoso. 

A revisão também aponta que não é recomendado dar mel para crianças com menos de um ano de idade , pois o mel de abelhas pode estar contaminado  por uma bactéria (a Clostridium botulinum) que pode provocar uma doença (o botulismo) grave nos pequenos, que têm um sistema imune mais frágil. Um terço dos casos de botulismo ocorridos no mundo têm como origem a ingestão de mel contaminado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário