quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Diabetes: O Colégio Americano de Médicos (American College of Physicians) publica novas diretrizes

As novas diretrizes do Colégio Americano de Médicos recomendam metformina como tratamento de primeira linha para pacientes com diabetes tipo 2. Uma sulfonilureia, tiazolidinediona, inibidor do SGLT-2 ou inibidor do DPP-4 como adjuvantes da metformina são recomendados como tratamento de segunda linha.

As novas diretrizes substituem as orientações de 2012 e seguem a revisão sistemática de estudos controlados e randomizados, além de estudos observacionais sobre a eficácia comparativa de medicamentos orais para diabetes tipo 2 (DMT2). 

As recomendações foram endossadas pela Academia Americana de Médicos de Família (American Academy of Family Physicians).
Comentando sobre as diretrizes, o Dr. Nitin Damle, presidente da ACP, disse: “Metformina, a menos que seja contraindicada, é uma estratégia de tratamento eficaz por ter maior eficácia, estar associada a menos efeitos adversos e ser mais barata do que a maioria dos medicamentos orais”.

“Adicionar um segundo medicamento à metformina pode fornecer benefícios adicionais”, disse o Dr. Damle. “Contudo, o custo elevado pode nem sempre apoiar o maior benefício, em particular no caso dos medicamentos mais novos e mais caros. A ACP recomenda que médicos e pacientes discutam os benefícios, efeitos adversos e custos de medicamentos adicionais.”

As diretrizes foram publicadas nos Annals of Internal Medicine.

Nenhum comentário:

Postar um comentário