Parceria Farmacêutica Curiosa e UninCor Pouso Alegre - MG

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Gelatina pode ajudar a reabilitar ossos, tendões e cartilagens, diz estudo

Segundo os investigadores australianos, a adição de gelatina e vitamina C também ajudaria na prevenção de lesões e na reparação de tecidos

A gelatina pode ser uma aliada dos atletas se consumida em forma de suplemento, antes da prática de atividades físicas. Em experimento com voluntários, cientistas da Austrália perceberam que ela aumentou a quantidade de aminoácidos, que estão ligados ao colágeno, a proteína que protege tendões, ligamentos e ossos. Detalhes do trabalho foram divulgados recentemente no periódico American Journal of Clinical Nutrition.

A ideia de realizar pesquisas com o suplemento de gelatina surgiu de resultados de trabalhos dos próprios investigadores mostrando o potencial médico da substância. “Ao reproduzir ligamentos em nosso laboratório, descobrimos que eles se tornavam mais fortes quando adicionávamos aminoácidos prolina (presentes em altas quantidades na gelatina). Então, começamos a investigar os efeitos da gelatina no tecido conjuntivo”, conta Keith Baar, um dos autores do estudo e pesquisador do Instituto Australiano de Esporte. 

No experimento, os cientistas analisaram oito homens saudáveis, que tiveram amostras de sangue colhidas e foram orientados a ingerir um suplemento de gelatina reforçado com vitamina C. Uma hora depois da ingestão, os voluntários realizaram cerca de cinco minutos de atividades de alto impacto, como pular. 

No fim, os pesquisadores voltaram a analisar o sangue dos participantes, dando foco na quantidade de aminoácidos, substâncias responsáveis pela ação do colágeno.

O suplemento de gelatina aumentou os níveis de aminoácidos e de marcadores ligados à síntese de colágeno. “As articulações são todas feitas de colágeno por fibroblastos (células do tecido conjuntivo). A gelatina também é feita de colágeno. Além disso, esse alimento tem peptídeos pequenos, que contêm hidroxiprolina. 

Esse aminoácido raro estimula os fibroblastos na produção de mais colágeno. Assim, com essas duas propriedades — ativar as células e dar a elas os blocos de construção de que  precisam —, a gelatina se torna um alimento perfeito”, detalha o autor.

Segundo os investigadores, a adição de gelatina e vitamina C também ajudaria na prevenção de lesões e na reparação de tecidos. “Essa combinação pode ser usada na reabilitação de ossos, tendões, ligamentos e lesões de cartilagem. Em testes feitos em modelos de laboratório, estamos observando melhorias no uso desse tratamento após uma ruptura óssea”, adianta Baar.

Com informações do Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário