segunda-feira, 13 de março de 2017

Artrite reumatoide: nova opção de tratamento para pacientes intolerantes a medicamentos anti-TNF

Achados de um novo estudo publicado no The Lancet, sugere que o anticorpo monoclonal humano, sirukumabe, melhora significativamente os sinais e sintomas da doença em pacientes com artrite reumatoide (AR) ativa e que sejam refratários ou intolerantes a medicamentos anti-TNF e outros tratamentos biológicos.

Um total de 878 pacientes foram atribuídos ao tratamento como parte de um estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, de grupos paralelos e multicêntrico. Dentre esses, 294 foram atribuídos ao placebo, 292 a 50 mg de sirukumabe a cada 4 semanas e 292 a 100 mg de sirukumabe a cada 2 semanas.

“As opções de tratamento haviam sido praticamente exauridas para muitos desses pacientes. Contudo, mesmo nesse grupo de pacientes, o tratamento com sirukumabe resultou em uma redução significativa da reação inflamatória da doença", explicou Daniel Aletaha, reumatologista na MedUni Vienna e investigador principal.

O estudo mostrou que os dois regimes de tratamento com sirukumabe foram bem tolerados e melhoraram os sinais e sintomas da doença, significativamente, com a dose de 100 mg provando ser levemente mais eficaz.

“Estes resultados foram muito significativos no caso de uma doença progressiva, inflamatória, musculoesquelética como a artrite reumatoide, especialmente no caso de pacientes resistentes ao tratamento", acrescentou o Dr. Aletaha.

Com informações de Univadis

Nenhum comentário:

Postar um comentário